Orientações para escolas

Medidas de prevenção e controle da Influenza (Gripe) para a comunidade escolar

A cada temporada de gripe é esperado que ocorram aglomerados de casos em instituições escolares. Para prevenir a transmissão é recomendado manter os ambientes ventilados, implementar medidas de higiene do ambiente escolar e estimular que os indivíduos apliquem a etiqueta respiratória e aumentem a ingestão de líquidos.

Frente a casos de gripe na comunidade escolar o Ministério da Saúde indica a quimioprofilaxia individual de pessoas consideradas com condições e fator de risco para complicações por influenza. Não está indicada quimioprofilaxia para toda a comunidade escolar nem realização de vacinação de Influenza. Também não está indicada a suspensão de aulas e demais atividades na escola como medida de prevenção e controle de infecção.

Além disso, alunos, professores e demais funcionários que adoecerem devem permanecer em casa por até 7 dias após início dos sintomas ou até 24 horas após cessar a febre, com vistas a diminuir a transmissão da gripe.

As seguintes medidas de prevenção individual devem ser estimuladas pelos professores, cuidadores, alunos e funcionários buscando diminuir a transmissão de pessoa a pessoa:

Higienizar as mãos com água e sabonete/sabão antes das refeições, após tossir, espirrar ou usar o banheiro;
Evitar tocar os olhos, nariz ou boca após tossir ou espirrar ou após contato com superfícies;
Não compartilhar alimentos, copos, toalhas e objetos de uso pessoal;
Proteger com lenços (preferencialmente descartáveis) a boca e nariz ao tossir ou espirrar para evitar disseminação de gotículas das secreções; na impossibilidade de serem usados lenços, recomenda-se proteger a face junto à dobra do cotovelo ao tossir ou espirrar;
As escolas/creches devem buscar implementar medidas que diminuam a contaminação de objetos e ambientes tais como:

Prover dispensadores com preparações alcoólicas para as mãos e estimular os alunos a higienizar as mãos após contato com secreções respiratórias;
Prover lavatório/pia com dispensador de sabonete líquido, suporte para papel toalha, papel toalha, lixeira com tampa com acionamento por pedal, para o descarte de lenços e lixo;
Realizar a limpeza e desinfecção das superfícies das salas de aula e demais espaços da escola (classes, cadeiras, mesas, aparelhos e equipamentos de educação física) após o uso. O vírus da influenza é inativado pelo álcool a 70% e pelo cloro. Portanto, preconiza-se a limpeza das superfícies, com de-tergente neutro seguida da desinfecção soluções desinfetantes.
Preferir não utilizar bebedouros. No entanto, na impossibilidade disto, evitar compartilhamento de copos/vasilhas. Estimular a utilização de garrafas de água individuais.
Em creches, lavar regularmente os brinquedos com água e sabonete/sabão.

Atenção:

Alunos, professores, cuidadores e funcionários com síndrome gripal devem
ser encaminhados para atendimento médico.

É caso suspeito de gripe: Toda pessoas que apresentar doença aguda de início súbito, com febre, tosse ou dor de garganta acompanhado de ao menos um desses sintomas: cefaléia (dor de cabeça), mialgia (dor nos músculos), artralgia (dor nas articulações).

Importante: Recomenda-se que o indivíduo doente com síndrome gripal, permaneça em casa durante os 7 dias após o início dos sintomas, período em que está transmitindo o vírus ou até 24 horas após cessar a febre.

Fonte: https://cevs.rs.gov.br/orientacoes-para-escolas

Três receitas saudáveis para fazer na Páscoa

Páscoa chegando, e na cabeça de muitas mãe já acende um alerta vermelho. Muitos doces, chocolates, comidas gordurosas.Tem também as mães de crianças com menos de 2 anos, que ainda não consomem açúcar, e não encontram muitas alternativas durante a páscoa.

Mas a páscoa não precisa ser cheia de açúcar, afinal, a parte central dessa comemoração não deveria ser os doces, e sim o momento em família e de criar boas lembranças. E pra quem é religioso, a comemoração religiosa. Nesse momento de quarentena, tudo fica mais difícil. Não dá pra reunir a família inteira para um grande almoço. Mas vamos aproveitar esse dia com que está junto com a gente no isolamento, para criar memórias boas para as crianças, e nos fortalecer também.

Nesse momento de quarentena, tudo fica mais difícil. Não vai dar pra reunir a família inteira pra um grande almoço. Uma grande comemoração vai ficar pra depois. Mas vamos aproveitar esse dia com quem está junto com a gente no isolamento.

Sendo assim, trouxemos para vocês algumas ideias de comidas de páscoa saudáveis para as crianças.

Brigadeiro de biomassa de banana verde

Brigadeiro é um clássico das festinhas! Aqui temos uma receita saudável, que pode ser usado em várias ocasiões.

1 xícara (chá) de biomassa de banana verde;
2 colheres (sopa) de cacau em pó;
2 colheres(sopa) de açúcar mascavo;
2 colheres (sopa) de óleo de coco;
Coco ralado para cobrir.

MODO DE PREPARO
Coloque todos os ingredientes na panela;
Em fogo baixo, mexa até começar a desgrudar da panela, em ponto de brigadeiro;
Deixe esfriar, enrole em bolinhas e passe no coco ralado;
Aproveite!

 

Trufas super saudáveis

Ingredientes:

1 xic chá de castanha do pará
1 xic chá de damascos secos
1 xic chá de uvas passas pretas
cacau em pó 100% a gosto

MODO DE PREPARO

Processar o damasco, a uva passa e as castanhas até virar uma massa homogênea

Depois que a massa estiver pronta, faça bolinhas com as mãos e passe no cacau em pó

Colomba pascal integral

Ingredientes:
4 colheres de chá de fermento biológico granulado seco
xícara de leite de soja zero açúcar (240ml)
6 colheres de sopa de adoçante em pó para forno e fogão
100g de margarina light derretida (10 segundos no microoondas)
2 ovos – 2 claras – 1 colher de chá de casca de laranja ralada
1 colher de chá de essência de baunilha
100g de uvas passas – 1 pitada de sal
100g de damasco seco picado
100g de ameixas pretas secas picadas
4 xícaras de chá de farinha de trigo integral (usei orgânica) peneirada
Cobertura :
4 colheres de sopa de farinha de castanhas (como eu não tinha, fiz em casa triturando as castanhas)
4 colheres de sopa de amêndoas moídas
2 colheres de sopa de adoçante em pó
2 claras
Modo de preparo
Pré-aqueça o forno.
Em uma tigela grande, coloque as claras e bata levemente.
Acrescente os ovos inteiros e incorpore. Em seguida, coloque o leite de soja.
Vá peneirando a farinha aos poucos e misturando com o auxílio de uma colher de pau. Descarte os granulados que ficam na peneira.
Quando acabar de acrescentar toda a farinha, coloque a manteiga derretida, o adoçante e a baunilha. Misture até incorporar tudo.
Adicione o fermento (deixei 5min na água morna) e misture. Por último adicione as frutas secas.
Leve ao forno em uma fôrma untada por cerca de 25 minutos.
Retire do forno e coloque a cobertura.
Leve ao forno por mais 10 minutos. Pronto!

E você, tem alguma receita saudável de páscoa para compartilhar? Conta pra gente nos comentários!

 

Capriche na decoração e aproveite o dia com as crianças

Dengue em crianças: saiba os sintomas, sinais de alerta e tratamento

Pais e responsáveis devem ficar atentos a mudanças de comportamento, como choro constante e sinais de irritabilidade

Os sintomas de dengue no público infantil são semelhantes aos observados nos adultos. Geralmente a doença aparece por meio de febre, dor de cabeça (atrás dos olhos), dores no corpo, fadiga, fraqueza, manchas, erupções e coceiras na pele. O desafio em identificar reside nos casos dos mais novos, como bebês, que ainda não sabem se comunicar. É preciso verificar se a criança está mais quieta, se aceita menos líquido ou o seio materno e se a urina diminuiu.

Em ocorrências severas, pode haver dores e sangramentos importantes. A recomendação é buscar ajuda médica imediatamente. “Os sinais de alarme mais comuns são dores muito intensas, principalmente abdominal. Em crianças menores ou que não se comunicam, os sintomas se refletem em irritabilidade e choro contínuo, vômitos persistentes, sangramentos de mucosa, como nariz e gengiva, ou nas fezes.”

O diagnóstico em pacientes pediátricos é baseado na identificação dos sintomas, levando em conta o contexto epidemiológico. A confirmação pode vir de testes laboratoriais específicos, como isolamento viral, técnicas de PCR e sorológicos.

Para crianças com dengue, assim como para adultos, a febre pode ser controlada com o uso de paracetamol ou da dipirona. O AAS (ácido acetilsalicílico) e os anti-inflamatórios são contraindicados. Além disso, é fundamental que a criança seja incentivada a ingerir bastante líquido.

Já os usuários que não apresentam sintomas graves e não possuem condição de saúde especial, comorbidades ou risco social, o tratamento é realizado por meio da hidratação via oral e a prescrição de analgésicos, sendo necessária uma reavaliação clínica de 24h a 48h. “Nesse contexto, ressalto que a idade menor de 2 anos é considerada uma condição de saúde especial, devido ao maior risco de agravamento”

Como prevenir

A melhor forma de prevenção da dengue é a erradicação do mosquito vetor da doença, o Aedes aegypti. Assim, é fundamental cuidar do ambiente e da comunidade em que se vive, evitando o acúmulo de água e, consequentemente, os focos de proliferação das larvas. Vasos de plantas, sanitários sem tampa, ralos sem tela protetora, baldes, garrafas, pneus, água atrás da geladeira e ar condicionado são objetos que precisam ser monitorados.

Uma outra forma de proteção são os repelentes, cujo uso é permitido em crianças, desde que seja observada a faixa etária adequada indicada no produto. Em adição, é necessário ainda que os pais mantenham o cartão de vacinação infantil atualizado, uma vez que a faixa etária a ser priorizada para receber o imunizante da dengue será de 6 a 16 anos.

Onde buscar atendimento

Ao observar sintomas leves da doença, a pessoa deve procurar a Unidade Básica de Saúde (UBSs) de referência.

Paraíba recebe as primeiras vacinas contra a dengue e realiza distribuição das doses

A Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio do Núcleo de Imunizações, recebeu, nesta segunda-feira (12), o primeiro lote da vacina contra a dengue (Qdenga) com 37.040 doses do Ministério da Saúde (MS). As doses serão distribuídas pela SES, nesta quinta-feira (15), para a 1ª Região de Saúde da Paraíba.

A população alvo para a vacinação são crianças e adolescentes entre 10 e 14 anos, cuja faixa etária tem alto número de hospitalização por dengue. O esquema será de duas doses com intervalo de três meses entre elas. O quantitativo a ser recebido será direcionado para a primeira dose do esquema preconizado.

O Núcleo de Imunizações da SES vai realizar, na quinta-feira (15), às 9h, um alinhamento técnico para operacionalização da vacinação com os coordenadores de imunização e operadores de sistema de informação dos 14 municípios que compõem a 1ª Região de Saúde da Paraíba: João Pessoa, Santa Rita, Cabedelo, Bayeux, Conde, Caaporã, Sapé, Alhandra, Pitimbu, Cruz do Espírito Santo, Lucena, Mari, Riachão do Poço e Sobrado.

Importante ressaltar que, caso a criança ou adolescente tenha sido diagnosticado com dengue, é necessário aguardar seis meses para iniciar o esquema vacinal. Três meses depois da primeira aplicação do imunizante, será hora de receber a segunda dose.

A vacina contra a dengue foi incorporada no Programa Nacional de Imunizações (PNI) e com essa iniciativa o Brasil se torna o primeiro país do mundo a oferecer o imunizante no sistema público de saúde.

5 receitas saudáveis e divertidas para as crianças no verão

A busca por receitas saudáveis é um cuidado necessário para quem tem filhos pequenos e o desafio de manter uma alimentação nutritiva e divertida durante as férias e o verão.

Uma alternativa para não deixar a saúde de lado é pensar em lanches rápidos, fáceis e coloridos para diversos momentos do dia. Confira receitas que, além de fazerem bem, podem ser preparadas com a ajuda dos pequenos.

 

1 – Danoninho saudável

O danoninho de morango é um dos mais conhecidos pelas crianças. Mas essa versão caseira, além de trazer mais nutrientes, é uma ótima opção para quem quer uma versão mais saudáve

ingredientes

170 gramas de iogurte natural

1 banana congelada (e bem madura)

200 gramas de morangos congelados

2 colheres de sopa de leite de coco em pó

Modo de preparo

Uma bancada com os ingredientes separados.Receiteria
Reúna todos os ingredientes;
Um liquidificador com a mistura de banana, morangos e leite de coco.Receiteria
Em um liquidificador, coloque a banana, os morangos e o leite de coco. Bata por cerca de 3 minutos ou até misturar bem;
Um liquidificador com a mistura de banana, morangos, leite de coco e iogurte.Receiteria
Junte o iogurte e bata por mais 3 minutos;
Um recipiente contendo danoninho saudável.Receiteria
Transfira para um recipiente grande e leve para a geladeira para gelar;
Um recipiente contendo danoninho saudável.Receiteria
Agora é só servir. Bom apetite!

2 – Gelatina de maracujá na casca

Ingredientes para receita de gelatina de maracujá na casca do maracujá
gelatina de maracujá
250ml de água fervendo
250ml de água gelada
cascas de maracujá limpas e partidas ao meio
semente de gergelim preto

Preparo

Ferva 250ml de água filtrada e dissolva a gelatina de maracujá nela. Depois mistura os outros 250ml de água gelada. Mexa bem e distribua nas cascas de maracujá. Se você não conseguir posicionar as cascas de modo que não caiam, você pode colocar cada metade casca numa xícara, para evitar que a gelatina caia. Leve a geladeira até endurecer, parta cada casca ao meio com uma faca lisa e salpique as sementes de gergelim.

3 – Creme de Abacate

Receita de Creme de Abacate

Ingredientes

1 abacate médio e bem maduro
1/2 lata de leite condensado – 200g (se quiser mais doce use a lata inteira e não coloque creme de leite)
1 caixinha de creme de leite – 200g
Suco de 1/2 limão (opcional)

Modo de Preparo

Corte o abacate em pedaços médios e coloque no copo do liquidificador.
Junte o creme de leite e o leite condensado e bata na opção pulsar até que vire um creme homogêneo. Se gostar mais azedinho junte o suco de 1/2 limão.
Caso tenha dificuldade em bater, pare o liquidificador, ajude com uma colher e volte a bater. Fazendo isto algumas vezes até que o creme fique pronto.
Leve para a geladeira em um pote tampado e sirva em seguida.
É muito importante fazer este creme somente na hora de servir para que ele não oxide e fique escuro e amargo.

4 – Granita (raspadinha) de melancia

A granita de melancia é uma sobremesa simples e refrescante, ideal para aliviar o calor nos dias mais quentes. A versão sem álcool dos flocos de gelo com sabor melancia são acompanhados de suco de laranja.

 

Ingredientes:

1 k de polpa de melancia sem sementes
40 g de açúcar demerara (opcional)
5 colheres (sopa) de vodka ou suco de laranja (se quiser uma versão sem álcool)
1 colher (sopa) de suco de limão

Preparo:

Coloque a melancia no liquidificador e bata bem. Adicione os outros ingredientes, bata ligeiramente e desligue.

Espalhe a mistura em uma travessa larga para que o suco fique bem espalhado, a camada fina gelará mais rapidamente e fica mais fácil de fazer os flocos na ora de servir. Leve ao freezer por no mínimo 4 horas.

 

5 – Picolé caseiro de frutas

Esses picolés são ideais para quem está buscando algo 100% natural e sem adição de açúcar. O sorvete é uma opção divertida e saudável para refrescar e entreter as crianças!

 

Fonte:  https://www.receiteria.com.br/receitas-divertidas-e-saudaveis-infantil/

Receitas de Natal divertidas e saudáveis para as crianças

Dicas para uma ceia nutritiva e saborosa para toda a família. Celebrando a Saúde na Ceia de Natal para Crianças: Um Banquete Nutritivo para o Futuro.

À medida que as luzes cintilam e os sinos natalinos ressoam, a temporada de festas traz consigo uma tradição que transcende fronteiras e gerações: a ceia de Natal. No entanto, é essencial repensar essa celebração para garantir que seja não apenas deliciosa, mas também nutritiva, especialmente para as crianças.

A importância de uma ceia de Natal saudável para os pequenos vai além do prazer momentâneo. É um investimento no bem-estar físico e mental, moldando hábitos alimentares desde tenra idade. Ao optar por escolhas alimentares equilibradas, os pais e cuidadores não apenas nutrem os corpos em crescimento, mas também cultivam uma relação positiva com a comida.

Os pratos tradicionais podem ser reimaginados com ingredientes mais saudáveis, mantendo o sabor característico das festas. Substituir ingredientes ricos em gordura e açúcares por alternativas mais nutritivas é um passo significativo. Incluir vegetais coloridos, frutas frescas e proteínas magras não apenas adiciona variedade ao cardápio, mas também oferece uma dose valiosa de vitaminas e minerais essenciais.

Além disso, a ceia de Natal pode ser uma oportunidade para ensinar as crianças sobre a importância da moderação. Em um mundo repleto de guloseimas festivas, aprender a apreciar os alimentos de maneira equilibrada é uma habilidade vital. Estabelecer limites e promover a consciência alimentar desde cedo ajuda a prevenir hábitos prejudiciais no futuro.

A ceia de Natal também é uma ocasião propícia para incentivar a participação ativa das crianças na cozinha. Envolvê-las na preparação das refeições não apenas promove habilidades culinárias, mas também desperta um interesse saudável pela comida. Essa experiência pode ser um momento de conexão familiar, onde gerações se reúnem para compartilhar não apenas refeições, mas também conhecimento e tradições.

Ao escolher uma ceia de Natal saudável para as crianças, estamos moldando um futuro mais vibrante e resiliente. Estamos construindo alicerces para uma relação positiva com a alimentação, promovendo a saúde física e emocional das próximas gerações. Neste Natal, que o banquete seja não apenas uma festa para o paladar, mas um presente duradouro para o bem-estar das crianças e para o futuro que está por vir.

 

1 – Árvore de Natal de Mexirica

Ingredientes

2 mexiricas
1 romã
açúcar de confeiteiro a gosto

Modo de Preparo

Em um prato monte a Árvore de Natal com os gomos da mexirica conforme a foto. Use as sementinhas da romã para fazer as bolinhas da árvore. Finaliza polvilhando açúcar de confeiteiro em cima.

 

2 – Gorro do Papai Noel com frutas

Preparo: 5 minutos
Rendimento: 4 gorrinhos

Ingredientes:
– 4 fatias de bananas;
– 4 morangos;
– 4 uvas-passas;
– 4 palitinhos de dente.

Modo de preparo:
Limpe os morangos e corte as bases. Espete cada um em um palito de dente, em seguida espete a banana na parte de baixo e a uva-passa na parte de cima. Pronto: lindo e delicioso!

 

3 – Stuffing (recheio) de maçã com alho-poró e sálvia

Preparo: 55 minutos
Rendimento: 8 pessoas

Ingredientes:
– 6 xíc. de pão integral amanhecido ou tostado em cubinhos (aqui foi usado o pão tipo bagel, mas pode ser com o francês, de forma ou italiano para variar);
– 1 cebola picada;
– 1 talo de salsão picado;
– 1 talo de alho-poró picado;
– 2 maçãs grandes ou 3 pequenas sem casca picadinha;
– folhinhas de sálvia picada;
– 2 ovos batidos;
– 1 col. de sobremesa de manteiga sem sal;
– 1 col. de sobremesa de azeite de oliva;
– 1 xíc. de molho do próprio assado ou caldo de galinha ou legumes;
– Sal e pimenta a gosto.

Modo de preparo:
Pré-aqueça o forno a 180º C. Enquanto isso, derreta a manteiga com o azeite em uma frigideira grande e funda em fogo médio. Acrescente a cebola, o salsão e as folhinhas de sálvia picadas. Deixe refogar por dois minutinhos. Coloque o alho-poró e a maçã e deixe refogar por mais dois minutos. Acrescente o molho ou caldo e deixe ferver. Desligue o fogo e coloque a mistura em um bowl junto com os ovos batidos e o pão em cubinhos. Tempere com sal e pimenta. Depois, coloque em uma forma untada com manteiga, cubra com papel alumínio e leve ao forno por quinze minutos. Descubra e deixe assar por, aproximadamente, mais quinze minutos ou até ficar douradinho. Sirva como acompanhamento, mas se a ideia for rechear o peru, é só pular a etapa de assar o recheio!

4 – Biscoito natalino

Ingredientes

150 gramas de manteiga
1/2 xícara (chá) de açúcar mascavo
1/4 xícara (chá) de açúcar
2 ovos
1 e 1/2 xícara (chá) de farinha de trigo
1/2 xícara (chá) de farinha de nozes
1/2 colher (sopa) de bicarbonato de sódio
1 colher (sopa) de gengibre em pó
1 colher (chá) de canela em pó
1/2 colher (chá) de cravo-da-índia (ou cravinho) em pó
1 pitada de noz-moscada

Modo de preparo

Misture todos os secos. Acrescente a manteiga gelada cortada em cubos até formar uma consistência de areia úmida. Acrescente os ovos e misture até que a massa fique uniforme. Envolva a massa em papel filme e leve à geladeira por aproximadamente 2 horas. Abra a massa entre duas folhas de papel manteiga e corte com cortadores de motivo natalino. Asse em forno preaquecido a 180°C até que os biscoitos fiquem dourados. Quanto mais gelada estiver a massa quando for ao forno, mais crocante o biscoito ficará.

5 – Bolo de Reis

Você vai precisar de:
– 3 maçãs fuji picadas
– 1 xícara de uvas passas
– 1 xícara de nozes picadas
– 3 xícaras de farinha
– 2 xícaras de açúcar
– 3/4 xícara de óleo
– 4 ovos batidos
– Canela em pó a gosto
– 1 colher de sobremesa de fermento

Como fazer:
– Misture todos os ingredientes, na ordem acima.
– Despeje a mistura em uma forma untada e enfarinhada.
– Polvilhe açúcar e canela.
– Em seguida, leve ao forno (médio e pré-aquecido) para assar.
– Asse por aproximadamente 40 minutos. Está pronta uma das mais tradicionais receitas de Natal!

Alimentação infantil: Receitas nutritivas e equilibradas

A educação alimentar e nutricional precisa começar desde cedo

Criar novos hábitos é um processo difícil, não é? Por isso, é preciso começar a educar as crianças desde cedo sobre a importância de seguir uma alimentação equilibrada. Assim, elas poderão crescer fazendo escolhas mais conscientes, que terão um impacto positivo na sua saúde e qualidade de vida a longo prazo.

Entretanto, com a correria do dia a dia, nem sempre é possível usar a criatividade para preparar receitas que vão estimular ainda mais o paladar dos pequenos. Para ajudar você nesta tarefa, nós preparamos uma lista com 15 receitas saudáveis, e muito saborosas, que você pode fazer rapidinho. Afinal de contas, nutrição infantil é assunto sério, mas as refeições podem ser divertidas.

Continue lendo este artigo e prepare-se, pois você ficará com água na boca!

 

Pão de queijo de tapioca

A receita tem somente quatro ingredientes e você pode congelar para assar a hora que quiser.

Ingredientes:

2 e 1/2 xícaras (chá) de massa para tapioca

100g de parmesão fresco ralado

150 g de requeijão light ou cream cheese light

Sal a gosto

Modo de preparo:

Em um recipiente, coloque todos os ingredientes e misture bem até formar uma massa lisa que não grude nos dedos. Depois, faça bolinhas e distribua em uma assadeira untada ou forrada com papel manteiga. Leve ao forno preaquecido a 180°C por 40 minutos ou até que os pãezinhos fiquem dourados por cima. Retire do forno e sirva ainda quente.

DICA: Você pode deixar as bolinhas no freezer por 40 minutos antes de passar para deixá-las mais firmes ou congelá-las por até uma semana.

Muffin de omelete com vegetais

Ideal para quando der vontade de fazer um café da manhã diferente e gostoso.

Ingredientes:

1 folha de couve (com talo) bem picada

½ xícara (chá) de brócolis bem picado

1 tomate médio (sem sementes) picado

½ xícara (chá) de milho-verde cozido

5 ovos

1 colher (chá) de sal

½ colher (chá) de orégano

4 colheres (sopa) de leite integral

½ colher (chá) de fermento em pó

Modo de preparo:

Em uma tigela grande, misture a couve, o brócolis, o tomate e o milho. Unte 6 forminhas para empada com azeite e distribua a mistura. Reserve. Na mesma tigela, misture o restante dos ingredientes e bata bem até ficar homogêneo. Derrame a mistura por cima dos vegetais nas forminhas. Leve para assar em forno preaquecido por 25 minutos ou até os bolinhos ficarem dourados e firmes. Sirva ainda quente.

DICA: Para deixar essa receita ainda mais prática, você pode picar os vegetais na noite anterior e deixá-los reservados na geladeira.

 

Pudim de pão integral

Sobrou pão e você não sabe o que fazer com ele? Esse pudim chegou para salvar o dia.

Ingredientes:

8 fatias de pão integral

4 xícaras (chá) de leite

1 xícara de (chá) mel ou açúcar mascavo

2 ovos inteiros

1 lata de creme de leite

Modo de preparo:

Coloque o leite em uma assadeira e mergulhe as fatias de pão. Deixe de molho por 2 horas. Após passar o tempo, parta as fatias com as mãos e coloque no liquidificador, junto com o leite. Adicione o restante dos ingredientes e bata bem. Caramelize uma fôrma e asse em banho-maria por 50 minutos ou até que fique firme. Espere esfriar e leve para geladeira por, pelo menos, 6 horas, antes de servir.

DICA: Para caramelizar a forma, é só derreter uma xícara de açúcar mascavo até ficar dourado. Em seguida, adicione água quente e mexa até que os cristais de açúcar sejam dissolvidos e a calça engrosse um pouco.

Bolinho de arroz, couve-flor e abobrinha

Uma ótima dica para aumentar a ingestão diária de fibras e regular o intestino.

Ingredientes:

2 ovos

3 brotos de couve flor cozidos e picados

2 fatias grossas de abobrinha crua picadinhas

3 colheres (sopa) de arroz integral cozido

1 colher (sobremesa) de azeite de oliva

1 colher (chá) de chia

1 pitada de sal

1 colher de chá de fermento químico

Orégano ou salsinha a gosto

Modo de preparo:

Em uma tigela, bata os ovos com um garfo ou um fouet e incorpore o restante dos ingredientes. Misture bem. Coloque em forminhas untadas com azeite e leve para assar em forno preaquecido a 180°C por, aproximadamente, 20 minutos ou até dourar.

DICA: Caso você não tenha chia, pode substituir por linhaça, que tem, praticamente, a mesma quantidade de fibras. Porém, com a linhaça, o bolinho tende a ficar mais seco, enquanto com a chia ele fica mais molhadinho, já que ela absorve mais água.

 

Panqueca de banana

No café da manhã, no lanche ou no jantar, essa panqueca de banana é sucesso garantido e uma forma saborosa de consumir aveia.

Ingredientes:

1 ovo

2 colheres (sopa) de aveia

1 banana amassada

1 pitada de sal

1 pitada de canela

Modo de preparo:

Misture todos os ingredientes com um garfo, até a massa ficar homogênea. Unte uma frigideira com manteiga ou um fio de óleo e deixe aquecer um pouco. Quando estiver morno, despeje a mistura. Não deixe ficar muito quente para não queimar a massa. Quando dourar de um lado, vire e repita o processo no outro. Sirva ainda quente, sozinha ou com mel.

DICA: Para transformar a panqueca de banana em uma panqueca de chocolate, basta acrescentar uma colher de sopa de chocolate em pó a 50%. Evite usar um chocolate mais amargo ou cacau em pó, pois talvez seja necessário acrescentar açúcar para cortar o amargor.

Crepioca de cenoura

Levinha e saborosa, essa receita é uma ótima opção para o café da manhã ou para servir de acompanhamento.

Ingredientes:

1 ovo

1 cenoura pequena cozida e amassada

1 colher (sopa) de massa de tapioca

1 colher (sopa) de azeite

Sal e orégano a gosto

Modo de preparo:

Em um recipiente, junte todos os ingredientes e misture bem com a ajuda de um garfo ou fouet. Aqueça uma frigideira antiaderente, coloque a massa e deixe dourar dos dois lados.

DICA: Caso prefira fazer uma crepioca sem sabor para recheá-la depois, substitua a cenoura por mais uma colher de massa de tapioca.

Sorvete de manga

O calor bateu? Esse sorvete é uma ótima opção para refrescar e só leva três ingredientes.

Ingredientes:

1 manga média fatiada em cubinhos

1 banana cortada em rodelas

3 colheres (sopa) de leite ou bebida vegetal

Modo de preparo:

Congele a manga e a banana por, pelo menos, um dia. Com elas ainda congeladas, bata no liquidificador junto com o leite ou a bebida vegetal até ficar homogêneo e sem pedaços. Coloque em um pote e leve ao freezer por, pelo menos, 8 horas.

DICA: Para mudar o sabor do sorvete, basta substituir a manga pela sua fruta favorita, mas mantenha a banana, pois é ela que deixa o sorvete cremoso. Caso não tenha banana, pode usar o abacate, porém o sabor ficará menos doce.

 

Fonte: https://blog.portoseguro.com.br/alimentacao-infantil-15-receitas-nutritivas-e-equilibradas